_____________________________________
Também leia meus posts como 'Toon Link' no Blog Clímax.

Indicados ao
Oscar 2012 - Comentários
O 3D é mesmo o
futuro do cinema?
Resenha: Toy Story 3
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

terça-feira, 1 de junho de 2010

O 3D é mesmo o futuro do cinema e futuramente do home video?

será que a técnica vale mesmo à pena e veio pra ficar e reescrever a 7° arte?

3d-futuro-do-cinema
Ultimamente têm-se averiguado muito um certo mimimi em volta dos filmes 3D, o pior e que essa reclamação não é só por causa de filmes porcamente feitos com o recurso ou com outros detalhes que ainda são ruins na tecnologia (inclusive o preço caríssimo dos ingressos), está contra o 3D de fato, mas como uma novidade, algo pop, e convenhamos, a gente já viu esse filme antes (A lagoa Azul? /tun-tás!), isso está mais para qualquer coisa difundida e de massa na indústria cultural do que só pelo 3D mesmo.

Mas enfim, não quero criar um texto defendendo 3D e também mimimizando contra os 3D-haters, muito pelo contrário, quero estabelecer um raciocínio sobre onde essa atual moda que pode redirecionar os rumos da industria cinematográfica e sobre o que ela tem pra melhorar também.

O principal ponto disso é: muita gente afirma que o 3D é uma evolução natural do cinema que conheçemos (assim como foi os filmes à cores e sonoros), mas afirmar SÓ ISSO pra defender o 3D que vemos hoje é errôneo, veja porque:


3D sem a tecnologia necessaria para que ele seja feito de forma decente e honre tudo o de sensações que o termo nos leva à cabeça não é 3D de fato e muito menos é a evolução natural do cinema, é um enorme fail que a gente já viu (ou se você é um fraldinha como eu que não viveu na década de 80, ouviu, ou leu sobre... você entendeu!) desde muito tempo não dando certo.

Tudo bem que a tecnologia que temos hoje é diferente, mas não se dá ao luxo numa indústria em declínio como a do cinema investir em algo que encarece os já caros ingressos, que custa muita grana às redes de cinema e etc.. e que de fato não valha à pena para o consumidor.




A tecnologia 3D como a vemos hoje NÃO É a ideal para se ver um filme em 3° dimensão e há muito o que ser melhorado nela, portanto há sim o que ainda criticar no 3D e na enxurrada de filmes que saem assim, mas o futuro do mesmo ainda pode ser muito interessante e proveituoso.

Vejamos que a única tecnologia ideal utilizada hoje para filmes 3D é a desenvolvida por James Cameron para Avatar e que até agora só foi usada neste único projeto. Pelo menos estamos vendo que a tecnologia de Cameron já está pra ser utilizada em futuros filmes, como o novo da série Resident Evil ou o reboot de Homem-Aranha, mas que relação terá a real tecnologia com seus "fakes" que atualmente estão gradativamente desiludindo seu público e banalizando o tão alardeado fenomeno que revigorará a indústria?

É meio que por onde falei no meu texto sobre a tecnologia surpreendente de Avatar, não é muito exigir que um cinéfilo ou fissurado em tecnologia entenda a diferença entre o 3D de Avatar e o de Fúria de Titãs, entre o 3D de Os Fantasmas de Scrooge e o 3D de A Era do Gelo 3, mas o que é isso para o grande público?

Profissionais da área e o próprio James Cameron já se mostraram descontentes com o ocorrido com o Fúria de Titãs que em suas exibições 3D ficou muito ruim e mal feito, isso se deve ao fato do filme além de ter sido filmado em 2D e convertido pro 3D, ainda teve um port feito às pressas o que fez com que o filme tivesse muita falhas em 3° dimensão (não, eu não paguei a mais pra ver esse filme que já sabia que ia ser tosco em 3D, na verdade não vi 2D também. hehe), para esses caras projetos assim deveriam ser impedidos de serem feitos em 3D. Por certa ótica pode-se dizer que o que rola aí é apenas um conflito entre caras disputando o 'diñero' do público, mas realmente certos filmes podem destruir a boa impressão que o público tem sobre os filmes 3d, já o conscientizando que o 3D pode não valer à pena e isso é muito perigoso.


oculos-3d

Fica esta questão, o 3D tem um bom futuro pela frente, pelo menos até que algo inesperado quebre as expectativas de meio mundo com relação ao futuro da tecnologia, mas certos filmes e certas posturas de certos executivos estão atrasando o progressso e limitando experiências 3D, algo que ao publico é vendido como recompensador acaba virando uma experiência pior do que se assistir ao filme normalmente.


Aqui abaixo vou tentar fazer uma breve explicação das diferenças básicas que separam os vários tipos de filmes 3D feitos hoje em dia, vou separá-los em 3 grupos que são os tipos de filmes em 3D que mais tem uma diferença evidente entre eles.


Filmes filmados totalmente em 3D


Aqui só entra Avatar já que foi o único a utilizar a tecnologia onde um filme já é filmado com uma câmera 3D que capta toda a imagem em 3° dimensão, isso utiliza ao máximo os rescuros do cinema 3D pra criar a ilusão de sensação espacial. Como no projeto de James Cameron o interesse pelo 3D era apenas técnico e com o intuito de aumentar a imersão do expectador no universo retratado, durante o filme não há quase nada que se aproxime da tela mas mesmo asim sentimos uma sensação espacial perfeita entre os elementos que ali estão (como um personagem conversando com outro mais afastado), como se toda aquela imagem tivesse volume e fosse palpável.

Pelo que percebi as cenas que tem efeito de aproximação são apenas as que há uma alteração no campo focal, tipo quando uma coisa está em primeiro plano, mas o foco da câmera está no que está atrás, esta coisa que estaria em primeiro plano passa a se aproximar da platéia o que corresponde ao efeito de embaçamento que ocorre num filme convencional. Isso acontece em cenas como a que Jake segura uma arma que se aproxima mais da câmera ou quando as cápsulas que liberam gás são atiradas próximas à árvore sagrada.


Filmes montados para o 3D


Nesta categoria eu diria que estão os atuais filmes de Robert Zemeckis, como Beowulf e Os Fantasmas de Scrooge.

Como eles são filmes inteiramente feitos por computador, não seria necessário uma câmera que já filmasse em 3D, o que eles fazem é, além de serem pensados em 3D (Zemeckis pelo menos se mostrou um cara visionário para criar certas tomadas e usar o artifício 3D para torná-las interessantes por isso, vide O Expresso Polar), é por software já gerar diretamente a melhor imagem possível com a tecnologia deles para exibições 3D, sem que seja preciso se fazer os ajustes 3D via software posteriormente como se fazem geralmente em outras animações como A Era do Gelo 3. O que separa esta tecnologia da de James Cameron é o resultado final, além claro de não ser possível se fazer o mesmo com um filme "real". Tal resultado final não dá aquela sensação praticamente real da tecnologia de Avatar, mas já se mostra muito mais convincente que os filmes "chapados" que falarei abaixo.


Filmes 2D, portados (alguns porcamente) para o 3D


Não vi o Alice no País das Maravilhas do Tim Burton em 3D e nem pretendo, mas os cometários negativos falando sobre o 3D ser fake, estranho, irreal e etc.. já foram "profetizados" por mim em várias ocasiões e comentários quando disse que após Avatar a visão do público pro 3D nunca mais seria a mesma, o motivo é que a tecnologia 3D da forma como está sendo usada é obsoleta, artificial e por consequência, fora do foco para se ver o 3D como o futuro do cinema como um todo e não uma diversãozinha a mais durante a projeção.

O trabalho no 3D desses filmes é criado porteriormente utilizando sotwares de computador, o que eu sempre disse e parece que agora está sendo percebido é que essa técnica só mexe com a sensação de distância e aproximação da imagem superficialmente, ao contrário da sensação espacial real de volume e distância entre elementos que encontramos em Avatar.

Por exemplo, com esta tecnologia você pode ver um personagem se aproximar da tela ou o cenário parecer distante, mas você sempre vai perceber isso como "olha, o boneco tá perto" e "olha, como tá distante aquelas montanhas!" mas você nunca vai perceber essas coisas como numa escala de distância real, você só sabe que está perto e que estão longe, nada mais.

A minha melhor definição pra isso é que estes filmes (e isso fica mais evidente se forem live-action e não de animação CG) parecem um filme comum dividido em várias camadas, umas mais perto e outras mais longe, e só; São como várias imagens planas na sua frente, só que umas mais próximas/distantes que outras, ou seja, é um 2D no 3D! E isso não é evolução natural, até porque nesse caso chega a ser mais confortável se assistir ao filme em 2D mesmo, pois pelo menos você não estará fazendo um exercício cerebral maior que é o que acontece quando se assiste a um filme em 3D (falarei sobre isso mais abaixo).


cinema-3d

Então não adianta dizer só que "o 3D é o futuro" pra defender a enxurrada de filmes 3D que estamos tendo ultimamente, a questão é que o cinema 3D pode muito mais do que nos está sendo mostrado, e por enquanto há muitos motivos pra se criticar o 3D hoje, indo da má qualidade de vários filmes '3Dramente falando' até o incômodo visual causado pelos óculos (que dão a sensação de escurecer as imagens) ou mesmo o desconforto que eles causam pelos modelos ainda mal projetados).

Não só isso, é cientificamente comprovado que o 3D de certa forma faz mal à saúde por exigir um esforço mental muito maior do que se assistir a um filme convencional no cinema ou mesmo ficar muito próximo a um monitor por exemplo, já que a ilusão de profundidade deve ser interpretada por nosso cérebro enquanto assistimos, e de forma diferente de nossa visão "comum" o que pode causar dores de cabeça. Aqui é falado um pouco sobre isso, mas vale a pena pesquisar sobre o assunto.


O que de certa forma diferencia minha opnião dos críticos ferrenhos (e por vezes cegos) do 3D é que eu acho que se a tecnologia for usada corretamente e com todo o potencial que ela tem será sim um passo importante para a industria e o caminho natural para a sobrevivência do cinema como tal, e não só isso, será realmente mais recompensador ver os filmes na tela grande em 3° dimensão, ainda mais quando com o tempo a tendência é que as pessoas tenham suas telas enormes LCD para assistir a filmes em casa (meus pais já tem uma, e estreiei assistindo Os Caçadores da Arca Perdida ;) , mas isso não vem ao caso hehehe).


televisor-3d

Agora falando sobre as TVs 3D, eu absolutamente NÃO BOTO FÉ NENHUMA NESSA TECNOLOGIA, pelo menos não a essa altura e supondo que seja algo que estará na casa das pessoas daqui a entre 5 e 10 anos. Na minha visão simplismente é algo que não está pronto para ser encarado assim, pelo menos não com a tecnologia atual e há vários motivos pra isso:


O 3D ainda é uma experiencia que de certa forma faz mal à saúde

Como já falei antes, é comprovado que o cérebro humano faz muito mais esforço para interpretar imagens 3D do que 2D, esta imagem explica os maiores problemas.

Agora imagina você em contato com imagens 3D em praticamente toda a programação da televisão?


A tecnologia de filmagem 3D se popularizar a ponto de emissoras de TV por aí utilizarem a tecnologia

TV 3D não fará o menor sentido se não for usada a tecnologia de James Cameron, porque se já é um saco assistir a um filme de ação na tecnologia antiga numa tela gigante, quem dirá assistir a um programa de auditório numa tela pequena.

TVs 3D só fazem sentido se a grande maioria dos programas derem suporte pra isso(o 3D), para isso acontecer são necessários toda uma gama de programas próprios de emissora utilizando tais equipamentos (que na instância atual até no cinema ainda não foram difundidos), desde novelas a seriados e telejornais, ainda é muito cedo pra pensar que toda essa variedade de programas funcionarão utilizando esta tencologia que ainda é cara e pouco difundida.

Só pra tomar-mos nota, a tecnologia 3D das TVs que não precisam de óculos (isso mesmo, isso é possível), é aquela tecnologia onde 2 imagens levemente distintas (simulando a visão diferenciada de cada olho) são colocadas e repetidas rapidamente a ponto da visão interpretar aquilo como uma imagem só e com profundidade, você pode testar esta técnica(mesmo que de forma arcaica) através da imagem deste link, não sei se essa tecnologia pode ser considerada menos prejudicial à saúde que a dos cinemas 3D ou não mas o fato de ser uma tecnologia diferente da utilizada no cinema, pode causar ainda mais confusão caso os tais filmes em 3D começassem a serem comercializados.

E o maior de todos os motivos é que:


Assistir a um filme 3D no cinema sempre será melhor

Pra mim a grande graça do 3D estão em apreciá-lo na tela grande, não é só por causa da questão do tamanho da tela e sim porque só na tela grande é recompensada a sensação de se estar num portal para um outro mundo, numa janela para outra realidade, a TV é pequena demais pra isso.


avatar-3d

E voltando a questão da saúde: no cinema a experiência do 3D sempre será algo ocasional e nessas circunstâncias os malefícios são quase irrelevantes.


Olhando por este foco não só a TV 3D será algo inviável ou desnecessário, mas também o fato das TVs serem "2D" é o que alicerça o cinema em tempos de internet, downloads e DVDs baratérrimos. é como se o cinema dependê-se da tecnologia das TVs continuarem do jeito que estão, e não só isso, tranformar a experiência de se assistir a um filme na sala de cinema diferente de se assistir na tela da sua casa é o que tornará a magia da sala escura ainda interessante para futuras gerações.


Mas só pra não ficar na defesa do 3D, vou citar o ótimo argumento de Roger Ebert sobre o porquê da tecnologia 3D ser inútil, para ele além das noções perspectivas interpretadas pelo cérebro já serem suficientes para nossa mente ter total senso de distância de campo, o 3D ainda tira o recurso narrativo de guiar através da fotografia o campo de visão do expectador. Dá uma olhada no texto completo do cara que tem outros motivos que segundo ele fazem o 3D no cinema ser uma coisa que não dará certo, então que dirá no home video.


Pra mim o 3D aprimorado (resolvendo os vários problemas que ainda existem na tecnologia atual) ainda tem espaço no mundo do cinema, e ao que parece é o futuro para todos os tipos de filme de grandes estúdios(e talvez todo e qualquer filme posteriormente), mas se você não quer saber disso ou se tá 'evacuando e deslocando-se espacialmente' pro 3D (ainda), existe uma coisa muito legal chamada sala de cinema convencional, onde você pode ver os mesmos filmes que saem em 3D por lá, olha que bacana! hehhehe.


6 comentários:

Pulga disse...

É o futuro do cinema? Não, é apenas um acessorio. O problema é que TODOS os filmes estão sendo feitos em 3d ou portados para este, sem necessidade - ou melhor, com a intenção de lucrar mais.

Os unicos filmes que assisti em 3D foram Avatar, UP e HdF2. Destes, apenas Avatar "merecia" ser visto em 3D, e os outros, quanto aos demais, é só para se divertir com coisas pulando na sua cara.

E putz, assistir a coisas em treisdê faz tanto mal assim? cacildis

Jonathan Rodrigues disse...

Se fazem tão mal ou não depende da pessoa cara.

e todos os filmes estão sendo feitos em 3D porque estimasse que no futuro todos de fato serão assim e é a nova forma de se assistir filmes no cinema, o problema e como eles estão sendo feitos.

tu mesmo falou que Avatar vale à pena ser visto em 3D, e se todos os filmes fossem com a mesma tecnologia do Avatar?

acho que o 3D tem uma função muito maior do que só encarecer o ingresso, quer resgatar o interesse pelo sala escura.

Luck disse...

Caraca, que maneira aquela imagem do Dino em 3D sem precisar dos óculos. *-*

Ainda não vi nenhum filme em 3D no cinema... Sonho e espero acabar com isso em breve com Toy Story 3. Mas, enfim. Como não conheço "de perto" não tenho nada contra nem à favor da tecnologia no cinema.

Mas, de fato, PRA MIM, é sempre muito estranha/confusa/incômoda a ideia da mudança de todo um "cotidiano" com a TV 3D, por exemplo.

Agora, me tira uma dúvida. É possível um animado 2D em 3D de qualidade? .-. Porque, tipo, se o 3D de qualidade (Avatar) for o futuro do cinema, como ficarão as animações bidimensionais?

Pulga disse...

"tu mesmo falou que Avatar vale à pena ser visto em 3D, e se todos os filmes fossem com a mesma tecnologia do Avatar?"

Aí fudeu com meu dinheiro, hehe

Jonathan Rodrigues disse...

Luck, na animação 2D a tecnologia 3d ser a mesma de Avatar ou não é quase irrelevante afinal tudo o que vemos é plano(tirando efeitos CGI que forem utilizados e panorâmicas contruídas e etc..)

mas não deixa de ser estranho ver um desenho feito à mão em 3D, acho que alguns não funcionariam ou não teriam muita graça assim(principalmente animações do estúdio Ghibli que usam cenários pintados e que a sensação de profuncidade está na perspectiva e na qualidade da pintura, que é plana)


e falando de animação 2D em 3D a primeira coisa qu eme veio à cabeça foi a cena do salão em A Bela e a Fera, que a disney prometeu relançar em 3D e ainda não o fez.

Luck disse...

É, acho que compreendo. E hoje à tarde tava lembrando justamente desse lançamento tridimensional de A Bela e a Fera, o que seria fantástico. Sendo que acho tal iniciativa super válida também pra outras animações que possuem cenas 'tchan' (assim acredito) pra tecnologia, como Tarzan, O Rei Leão e As Peripécias do Ratinho Detetive, ou até o retrô-tecnológico (embora não rentável), Planeta do Tesouro. E, passa lá no Frango que tem algo legal. :D

Postagem mais recente

veja mais coisas legais em Postagem mais antiga


Related Posts with Thumbnails
 
diHITT - Notícias / BlogBlogs.Com.Br