_____________________________________
Também leia meus posts como 'Toon Link' no Blog Clímax.

Indicados ao
Oscar 2012 - Comentários
O 3D é mesmo o
futuro do cinema?
Resenha: Toy Story 3
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Quem possívelmente dirigiria as franquias da Nintendo no Cinema?

o Gato ou o Quico?



Esta é uma idéia de post que já venho cultivando a um bom tempo, uma confraternização entre o mundo do cinema e o mundo dos games, no caso imaginar quais diretores seriam os mais adequados para dirigir supostas adaptações de games da Nintendo e da Rare para o cinema.

Pode-se dizer que a Nintendo é a produtora de jogos com as franquias mais clássicas e cultuadas da história dos videogames, portanto essa lista engloba seus games, assim como os de sua parceria com a Rareware, mas nem todas as franquias(e algumas nem franquias são, pararam no primeiro game) principais fizeram parte da lista, como Animal Crossing e Donkey Kong.

Sem mais delongas vamos à lista:


Earthbound, por Richard Donner


Earthbound é uma série RPG que se passa em época contemporânea, a história do jogo é sobre um garoto que vê um meteoro cair ao redor de sua casa e perto dele encontra um inseto que diz ter vindo do futuro a fim de impedir um vilão, Giygas, que irá destruir o planeta, o jogo tem muito bom humor e os personagens lutam com equipamento típicos de crianças, como Estilingues e tacos de Baseball.

Porque deveria ser feito pelo diretor de Os Goonies e Superman?

Jogando os jogos eu sempre achei que Earthbound lembra muito uma legítima aventura oitentista, Richard Donner tinha nos seus filmes esse clima que estou falando, Earthbound pareceria muito com o que ele fez com Os Goonies, um filme de aventura com uma molecada do barulho aprontando altas confusões com boa dose de comédia e ainda teria aquele clima de filmes de mistério sobre contato alienígena.



Metroid, por James Cameron e Ridley Scott


Metroid é uma série de ação e exploração com visual inspirado nos filmes de ficção científica, geralmente nos jogos a personagem principal chamada Samus Aran(que muitos não percebem ser uma mulher humana devido a estar sempre de armadura durante os jogos), uma caçadora de recompensas, deve explorar um planeta gigante(ou que pelo menos resulta em jogos gigantes) e enfrenta seu principal inimigo, Ridley.

Porque deveria ser feito pelo criador de Exterminador do futuro e Avatar em conjunto com o de Alien e Blade Runner?

Pegar transformar aquele mundo de Metroid, de exploração de um planeta desconhecido pelo publico, em uma experiência 3D imersiva como será feita em Avatar seria sensacional, algo como elevar a sensação de se jogar Metroid Prime em primeira pessoa pela primeira vez quando a ultima lembrança da série foi um game 2D de Super Nintendo.

James Cameron tem a manha para criar cenários, efeitos visuais e mundos grandiosos e convincentes para seus filmes e Ridley Scott tem sua importância e talento para o gênero da ficcção científica e inclusive sua criação, a série Alien foi uma das influências para a criação do primeiro jogo da série para o Nintendinho, a parceria entre esses dois só poderia garantir um filme porreta.

Frase de impacto do filme: "energy: 20"



The legend of Zelda, por Guilhermo DelToro


The legend of Zelda é "A" série de jogos da Nintendo. O que há em comum em todos os jogos é o protagonista, Link, os vários jogos contam de diferentes formas a lenda do herói do tempo que sempre salva a terra de Hyrule.

Porque deveria ser feito pelo diretor de Hellboy e O Hobbit?

DelToro tem o tato para filmes de fantasia, e Zelda é o ápice do gênero nos games, uma história épica do bem contra o mal seria uma boa com o diretor.

Frase de impacto do filme: "I'am Zelda".



Perfect Dark, por Wachowski Brothers


Perfect Dark é um game de tiro em primeira pessoa do Nintendo 64, a personagem principal é a agente Joanna Dark que se infiltra nos laboratórios da corporação DataDyne a fim de resgatar um cientista desconhecido chamado Dr. Caroll, sequestrado pela corporação devido a seus empecilhos às suas intenções obscuras, a partir daí dá-se toda uma trama mirabolante envolvendo uma raça alien.

Porque deveria ser feito pelos diretores de Matrix e Speed Racer?

A trama futurística e que envolve conspirações alienígenas combina com o tato para tramas que envolvem visual estilizado, perseguição e muita ação dos irmãos wachachá, não vejo ninguem melhor do que eles para transpor este universo para as telonas.

Frase de impacto do filme: "What a Hell was That?"



Pikmin, por Hayao Miyazaki


Pikmin é um jogo de exploração e principalmente estratégia iniciado no Gamecube, se passa em um planeta estranho e nele você controla um atronauta chamado Olimar(que é de outro planeta estranho) que sofreu um acidente e caiu nesse mundo e tem 30 dias pra reconstruir sua nave e sair de lá senão morrerá devido às toxinas presentes na atmosfera(toxina essa é o oxigênio, isso mesmo, genial), Olimar controla estas bizarras criaturas chamadas Pikmin que são fiéis e obedientes à ele no meio de um mundo hostil e selvagem habitado por outras criaturas bonitinhas, mas fatais.

Porque deveria ser feito pelo diretor de meu vizinho totoro e Ponyo ?

Convenhamos que o aspecto bizarro e amigável das criaturas do mundo de Pikmin lembram bastante os universos dos filmes de Miyazaki, até mesmo os fieis e obediantes pikmins lembram um bocado aquelas bolinhas pretas que apareceram em 2 películas do mestre (Meu Vizinho Totoro e A Viagem de Chihiro).

Ninguém melhor do que o bom velinho pra trazer às telas esse mundo que saiu da mentre de outro "fumado", Shigeru Miyamoto, seria um filme bem contemplativo, mostrando toda a beleza desse mundo louco e ainda trazendo cenas de batalhas loucas bem ao estilo do diretor, vide Princesa Mononoke.

Frase de impacto do filme: "whooooaaaa!".



F-Zero, por Timur Bekmambetov


F-Zero é uma série de games de corrida, foi começada no Super Nintendo sendo o primeiro game do console ao lado de Super Mario World, o personagem principal é o herói Capitão Falcon, típico defensor do fair-play nas corridas.

Porque deveria ser feito pelo diretor de O Procurado e Guardiões do Dia/Noite?

Não tem jeito, por mais bunda que possa ser o enredo de O Procurado, Timur mostrou habilidade na criação de cenas de ação mirablantes e isso é o que o filme de F-Zero precisa, mostrar corridas absurdamente velozes em cenários grandiosos e tudo de forma bem construída.



Eternal Darkness, por Frank Darabont


Que ser isso? um game da Nintendo lançado para o gamecube, é um suvival horror onde os personagens controláveis tem um medidor de sanidade que de acordo com como você joga pode ficar baixo e fazer o personagem ter alucionações sinistras, a protagonista é Alexandra Roivas que está na mansão de seu avô para investigar o seu bizarro assassinato devido a incompetência da polícia local o que a leva a achar um livro que conta histórias que vinham desde 2 milênios atrás envolvendo uma rede de intrigas onde uma raça desconheçida do homem provoca aos poucos a destruição da humanidade, você controla muitos personagens vividos em várias épocas da humanidade, como um centurião romano, um monge franciscano ou um soldado da primeira guerra.

Porque deveria ser feito pelo diretor de O Nevoeiro e À Espera de um Milagre?

Acho que Darabont tem o pique pra tratar de temas sobrenatuais de forma realista, demonstrou plena habilidade para lidar com suspense crescente e terror psicológico em O nevoeiro, assim como mostrar violência crua na medida certa, coisa que em Eternal Darkness é indispensável.

Sabe também criar um clima e construir personagem muito bem, coisa que é preciso quando se lhe dá com tantos em tantas épocas diferentes.

Frase de impacto do filme: "estou morto".



Doshin the Giant, por Steven Spielberg


Doshin the giant é um game inicialmente lançado para o Nintendo 64 DD(a extensão de disquetes) só lançado no Japão e que teve um remake para Gamecube na Europa, no game você controla Doshin, uma espécie de Deus para os habitantes de uma ilha com várias tribos, você deve ajudar a ilha a prosperar e protegê-la de catástrofes naturais e outros problemas além de tomar cuidado com seu imenso tamanho para não causar esragos já que ele varia durante o game devido a suas ações.

Porque deveria ser feito pelo diretor de E.T. e Jurassic Park?

Poucos sabem trabalhar o senso imaginativo no cinema quanto Spielberg já conseguiu, filmes como Contatos Imediatos, E.T. e a série Indiana Jones estão aí pra provar e só a diversidade dele poderia trazer às telas essa história louca de forma convincente, e claro, pra fazer a ilha inteira e um gigante só um diretor com tamanha competência para efeitos visuais poderá conseguir.



Yoshi's Island, por Andrew Stanton


Este excelente game é por muitos considerado um sidequest da série Mario e é provavelmente o que tem o enredo mais cinematográfico de todos, lançado para o Super Nintendo em 1995, conta a história de Mario e Luigi, ainda bebês sendo levados pela cegonha para a casa de seus pais que o aguardam, no caminho em pleno ar o bruxo Kamek realiza uma tentativa de sequestro que culmina no rapto de Baby Luigi e com Baby Mario caindo na ilha dos Yoshi's exatamente em cima de Yoshi(o clássico. verde.) inclusive com o mapa com o destino dos babys, Yoshi decide atravessar a Yoshi's Island para resgatar Baby Luigi e levá-los em segurança para seus pais.

Porque deveria ser feito pelo diretor de WALL-E e Procurando Nemo?

Andrew tem o pique para o épico, as duas animações que dirigiu(e possivelmente seu filme live-action, John Carter of Mars) são jornadas grandiosas, a primeira uma jornada através do oceano e a outra uma saga que vai desde o planeta terra até uma nave a anos luz de distância sabotada pelas máquinas.

Yoshi's island é bem isso, é a grande história por trás da mais famosa franquia dos games, é uma grande jornada através de um mundo louco, mas acima disso, uma jornada muito bem humorada, coisa que os filmes do Stanton bem são.



Conker's bad fur day, por Andrew Adamson


Conker's é um game recheado de violência e humor negro e é protagonizado por um esquilinho, o Conker do título, no game Conker depois de acordar num local estranho e com uma baita ressaca do dia anterior precisa descobrir como voltar a seu lar ao mesmo tempo que é perseguido pelo rei local que quer arrancar seu couro para consertar o pé de sua mesa(?).

Porque deveria ser feito pelo diretor de Shrek?

O jogo de Nintendo 64 já é uma sátira por si só a muitos filmes hollywoodianos como Matrix e O Resgate do Soldado Ryan, Andrew já demonstrou o potencial pra esse tipo de filme com os dois primeiros exemplares da série Shrek, se o filme tiver o mesmo tipo de gags e pique pra referencias tá beleza.

Frase de impacto do filme: "I'm not a Squirrel! I'm an Elephant!!!".



Star Fox, por Brad Bird


Star Fox é um game de nave e fala das aventuras do grupo de mercenários que estão sempre em missões espaciais a fim de defender Lylat System.

Porque deveria ser feito pelo diretor de Os Incríveis e O Gigante de Ferro?

É fato que os filmes de Brad Bird são muito estilosos, não sei porque mas seu estilo e tudo o que apresentou até aqui(e pretende apresentar com seu filme live-action, 1906) me leva a crer que ele faria um bom filme com estes personagens nonsense, clima de filme de ação(que demonstrou fazer muito bem com os incríveis) espacial e personagens carismáticos, sarcásticos e bem humorados.

Frase de Impacto: "You're good, but i'm better!!!".



Super Mario, por Stanley Kubrick


E por último a mais importante de todas as franquias Nistendo, Super Mario, que dispensa apresentações.

Porque deveria ser feito pelo diretor de 2001: uma odisséia no espaço?

A série é um mundo tão unico e desprendido de quaquer senso de realidade que só a mente de Kubrick poderia adaptar algo assim para o cinema. como? com base no que? não me perguntem, somente se esta possibilidade fosse viável teríamos esperança de saber.

ps: o filme com o Bob Hoskins e John Leguizamo é uma falha da Matrix.

Frase de impacto do filme: "Mammamia!".

___________________________________________________________________

Enfim, é esse loucura aí, espero que tenha feito sentido, e sim, outras sugestões, teorias e hipóteses podem ser discutidas nos coments.

10 comentários:

Alyson Xyzyx disse...

Nossa! Gostei bastante, achei bem interessante mesmo. Não sou um conhecedor do mundo dos games, mas concordo em cada característica que citou sobre os diretores.

Abraços!@

Elton Telles disse...

Eu já comecei a rir no "o gato ou o Kiko?" hahaha!

já pensou Kubrick dirigindo Mario, seria algo imperdível...

e a escolha de Del Toro para "Zelda" será porque o Jonathan gosta do diretor? rs

muito interessante o post.
Grande abraço!

Mauricio disse...

A escolha de Del Toro para Zelda é perfeita.

Perfect Dark eu colocaria nas mãos de Michael Mann, acho que ele faria algo muito bom.

Ridley e Cameron sao a combinaçaõ perfeita para a série Metroid.

Mario eu deixaria nas mãos do Spielberg e escalaria Bob Hoskins novamente (apesar da idade avnçada) mas ele perfeito pra papel.

Conker como é um persoagem inusitado eu deixaria Quentin Tarantino no comando.

Luck disse...

Muito massa essa lista! ^^

Não conheci a maioria dos jogos dela, mas gostei muito da escolha pra Zelda, Mario 2 e Super Mario. o/

Mas senti falta de tua escolha prum diretor pra Donkey Kong, outro game que me domina. u_u

E sem dúvida, o universo místico (?) de Zelda seria um prato cheio pro Del Toro!

Diogo Oliveira disse...

Sobre o Super Mario,só tem um problema...Kubrick tá morto XD

Mas tá muito bacana a lista!

Jonathan Rodrigues (Conta do Orkut) disse...

por isso mesmo, o Kubrick tá morto e um filme de Mario é impossível de fazer xD

Ewerton lol disse...

Massa!

Bilck, O D. da Toca disse...

Acho que eles ainda vão explorar MUIIITOO os quadrinhos antes de uma empreitada dessas, mas fica aí a dica!

Canibalsuperseres disse...

Kubrick alem de ser o unico capaz de transpor para o cinema algo tão unico como mario, tbm seria o unico com a quantidade de bolas o suficiente pra encarar uma bocada dessa (vide Spartacus)

Rodrigo disse...

Concordo com Metroid, mas sem a necessidade do 3D, os diretores estão se tornando dependentes deste recurso e na grande maioria os roteiros ficam sem conteúdo algum.
Zelda também é um clássico dos games e merece um filme, entretanto outros foram inclusos e ficaram de fora marcos como Castlevania, Megaman, Actraiser, Breath of Fire, Super Mario RPG, Final Fantasy Tatics, Ninja Gaiden e Chrono Trigger

Postagem mais recente

veja mais coisas legais em Postagem mais antiga


Related Posts with Thumbnails
 
diHITT - Notícias / BlogBlogs.Com.Br