_____________________________________
Também leia meus posts como 'Toon Link' no Blog Clímax.

Indicados ao
Oscar 2012 - Comentários
O 3D é mesmo o
futuro do cinema?
Resenha: Toy Story 3
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Cinema-Crítica: O Fantástico Sr. Raposo

quem sou eu querida?

sr_raposo
Vi baixado esta animação que anda ganhando muitos prêmios por aí, o novo filme de Wes Anderson, na verdade já estava no aguardo desse filme a muito tempo, desde que foi anunciado a uns 4 anos atrás; A sinopse, o fato do filme se anunciado como um misto de animação 2D com stop-motion abriu meus olhos na hora para aquele filme.


Raposo fala de Mr. Fox, uma raposa pai de família com crise de identidade e que resolve ao se mudar para uma casa próxima a 3 fazendas voltar a sua antiga vida de "criminoso" ladão de galinhas.


Enfim, chegou a hora que o filme iria sair, a primeira imagem foi divulgada(contrariando totalmente o que esprava dela) e o trailer e vi que o filme era completamente diferente do que podia imaginar, o primeiro sinal de que Raposo seria, de corpo e alma, diferente de todas as convenções do gênero.



Depois de ver constatei, Sr. Raposo é ótimo, filme divertidaço, com um humor bem peculiar e muito interessante pela técnica stop-motion, é legal que assista o filme quem procura animações mais diferentes da habituais que enchurram o cinema todo ano ou não curte tanto desenhos pois irá expandir sua percepção sobre eles.


Raposo não é bonitinho, não é estéticamente convidativo quanto outras animações geralmente são e é justamente isso que torna o seus personagens mais palpáveis, as raposas peludas realmente convencem como tal, como um animal fedorento! heeh e uma coisa importante a se ressaltar é que O Fantástico Sr. Raposo não é um filme para crianças pois lida com uma temática madura em sua natureza e por causa de outros detalhes.



É bem legal ver o quanto o filme usou da própria tecnica de animação pra fazer graça, ficou demais, são varias as piadas em que o filme "se zoa" vamos dizer assim, pois usa "as limitações" para criar as gags e isto está intimimente ligado a sua natureza de história e pretensão.


O filme investe totalmente na imersão do seu escopo estético, é absurdo, estilizado e isso vai de tudo e de toda a forma como funciona, inclusive narrativamente.

Os personagens são legais, é engraçado, é original(no desenvolvimento) e além disso é muito bonito, visualmente falando, por mais que pareca algo meio estranho para os padrões das animações em longa-metragem, até os stop-motion, e a limitação da animação é algo completamente dentro da proposta, a mesma opnião que tenho de Persépolis.



A trilha sonora também é muito boa, se encaixou perfeitamente durante todo o filme e a dublagem cheia de astros e encabeçada por George Cloooney e Meryl Streep é muito boa


É legal ver desenhos como este saindo, mas infelizmente saiu no Brasil em circuito fechadíssimo, e acho que apenas no eixo Rio/São Paulo, Peguei uma versão do filme com legendas bem ruins, então tive que exercitar bastante o inglês pra captar algumas piadas, mas é isso, pretendo rever o filme em breve, e com certeza vai valer a pena a "revisitada".


Nota: 8

leia outras resenhas de animações clicando aqui

Um comentário:

[Pulga] Anderson Ferreira disse...

Ótima critica como sempre Jonathan. Não assisti ao filme ainda (estou baixando "Lunar" e "A Máquina do Tempo" de 1960) mas provavelmente irei vê-la. Li boas criticas - incluindo esta - a respeito do filme, e realmente parece ser bem feito e com uma boa estória. Quando assisti voltarei e irei postar meu comentário a respeito.

Postagem mais recente

veja mais coisas legais em Postagem mais antiga


Related Posts with Thumbnails
 
diHITT - Notícias / BlogBlogs.Com.Br