_____________________________________
Também leia meus posts como 'Toon Link' no Blog Clímax.

Indicados ao
Oscar 2012 - Comentários
O 3D é mesmo o
futuro do cinema?
Resenha: Toy Story 3
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

sábado, 24 de outubro de 2009

Comparações entre a Pixar e a PDI/Dreamworks

Pixar vs Dreamworks: fatality? -


Mais um post com "imagens antigas", desta vez a clássica que compara os filmes da Pixar Animations Studios com os da PDI/Dreamworks, mas vamos a um papo mais sério sobre isto:


a tal imagem OLD da qual me refiro:



A imagem é uma ótima sacada e me fez rir absurdamente e de fato, exageros à parte, a imagem diz muito de verdade, só que quero livrar um pouco a cara da Dream.

Todo mundo sabe(ou alguns teimam em não admitir) que os filmes da Pixar estão artísticamente patamares acima dos da Dreamworks
Eles são confeccionados por artistas apaixonados por suas profissões, não que na Dreamworks a coisa não possa acontecer desta forma, embora seja visível que é uma empresa mais convencional e a Pixar foi meio que uma das pioneiras neste tipo de abordagem com relação ao ambiente de trabalho dos animadores(em torná-lo mais inspirador e confortável para os criadores) e como isto pode influênciar em seus desempenhos, especialmente se tratando desta área, de confeccionar filmes que visam divertir o seu público, além de dar mais liberdade criativa e voz a seus artistas, é inspirador saber que há um lugar onde os artistas tem domínio total sobre seus projetos.




Os filmes da Dream meio que parecem se apoiar mais em tendências e depois levá-las a filmes(talvez isso explique um pouco as suspeitas de cópia de idéias envolvendo ambas as empresas), começam "mais por fora do que por dentro", não querendo condenar a empresa, é a forma como ela trabalha e faz os animadores trabalharem, a Dreamworks pode nos trazer inspirações e momentos interessantes em seus filmes, mas convenhamos que não da mesma forma que a Pixar por conta disso.

É uma empresa que sua direção visa mais o lucro do que a originalidade das idéias, não que este não seja o objetivo da Disney como dona da Pixar, mas eles meio que vão no esquema "me passem a obra-prima de vocês da forma de vocês e nós descobriremos como vender o peixe DEPOIS" ao contrário da Dream.




Vamos um pouco em direção aos primóridos da Dreamworks: muito me animou a diversidade de seus primeiros filmes, vou citar 3 a título de exmeplo: AntZ, Shrek, Madagascar.

Eles mostravam formas diferentes de se fazer uma animação, AntZ(por aqui com o título constrangedor de FormiguinhaZ) foi uma animação legal, bem feita e que chamou a atenção de muitos por tratar muito bem de temas sociológicos num filme infantil.

Na época de seu lançamento a "algema popular" que prendia animação à filmes exclusivos para crianças ainda era muito forte, e mesmo com o lançamento de Toy Story, não foi suficientemente enfraquecida já que ele além de ser apenas um exemplo, ainda tinha um humor, embora inteligentíssimo, muito peculiar para causar este estranhamento.

AntZ é visivelmente diferente da safra atual de filmes da Dream embora tenha as particularidades que caracterizam o estúdio(as piadinhas infames e "fáceis", personagens mais "descolados" e a tentativa de a todo o tempo nos convencer de que é um filme voltado para um público jovem, embora aqui seja bem mais contido).

Seguindo AntZ veio Shrek que também é um bocado diferente do filme das formigas e parece mais com um filme convencional, as piadas e ironia com o mundo de fadas apoiaram uma boa história e o sucesso do filme deixou o estúdio em evidência.

Pulando O Espanta-Tubarões e chegando a Madagascar: chegamos à Dreamworks como ela é principalmente conhecida hoje, com filmes de mais humor pastelão e excrachado, com inúmeros personagens "massa" e "palhaços" dividindo a tela e muitas situações inusitadas. A partir de Madagascar os filmes da Dream pegaram meio que este padrão para todos, tirando claro, as continuações de Shrek embora até mesmo elas tenham sofrido desta influência.




O que eu tenho a dizer é que, embora limitados, os filmes da Dream em sua boa maioria divertem muito, não subestimam tanto a inteligência do público embora tenha um humor mais fácil e tem histórias minimamente interessantes, eles ainda são sinônimo de qualidade se tratando de animações 3D nos cinemas(ainda mais hoje em dia onde uma enxurrada delas dão as caras nos cinemas e algumas de qualidade bem duvidosa) não são revolucionários quanto a maioria dos da Pixar(isso mesmo, revolucionários) mas acima de tudo são bons desenhos, e isto é o mais importante, acima das comparações.

Acho que os filmes da Dream são despretenciosos e visivelmente tem uma pegada mais pop e "massa-veio", eu particularmente acho muitas virtudes nesses filmes e na forma como a Dream as faz, Os sem-floresta é o que eu tenho um carinho maior devido a suas excelentes gags visuais.




Há de se considerar que essa pegada dos filmes da Dream deixa a carreira do estúdio muito irregular, ao mesmo tempo que temos filmes divertidos, engraçados e exagerados como o já citado Os sem-floresta e Madagascar, temos outros não muito acima do razoável, como Monstros vs Alienígenas.


DreamWorks e a Pixar apontam para direções opostas e o humor dos filmes da Dream é tão fácil e abrangente que é mais comum você achar gente que diz não achar graça nas finíssimas gags de toy story e achar genial as piadas de Os sem-floresta, talvez o motivo pelo qual a Dreamworks ultimamente anda conseguindo alcançar mais bilheteria com seus filmes que a Pixar.


E é isso.. parabendizo o criador da imagem, seja lá quem for, e digo que ela me fez rir e muito, mas convenhamos: Pixar sem Dreamworks não seria "tão Pixar"..

Saúde a ambas as empresas o/


ps: mais uma: o contra-ataque da Dream:



UPDATE: escrevi este texto antes de assistir ao maravilhoso Kung Fu Panda, portanto, leia minha resenha sobre o filme do gorducho onde eu encerro o raciocínio sobre as comparações da DW com a Pixar de forma mais digna com a Dreamworks.

 
 

3 comentários:

rodrigo_galhano disse...

Gostei muito do post, ótima análise. Quero apenas deixar registrado aqui que Monstros VS Aliens, mesmo com o "Dr. House",no elenco, de quem sou fanboy assumido, foi o último filme em ANOS que me fez dormir enquanto o assistia. MUITO fraco. Os Sem-Floresta eu nunca cheguei a ver todo, mas também achei fraquinho. Mas a Pixar também tem suas bolas fora. Carros nao é lá grande coisa.

Luck disse...

Hey! Se eu te disser que uma postagem minha com a 'tal imagem old' está de molho há meses, cê nem acredita. shauhsuhahusuhuas

Mas inda bem que não cheguei a postá-la! XD Pois seu post me fez aliviar meus maus olhos para com a DreamWorks.

Da DW CGI, pra mim o toptop é AntZ, na segunda posição Shrek, Madagascar e Kung Fu Panda empatados. E só. Bee Movie e Os Sem Floresta, apesar de divertidos chegam a ser deprimentes... u_u

Solokoassumido por Ratatouille e pelo Brad Bird. E realmente tudo que cê falou sobre as diferenças 'criativas' das duas empresas fazem sentido ao avaliarmos o fruto das mesmas.

E digo mais: a ideia de "Como Treinar Seu Dragão" muito me agrada, mas só não espero muito do filme por ser da DreamWorks. Ainda sonho com o dia em que a empresa voltará a fazer animações tão originais quanto FormiguinhaZ e Shrek.

E muito interessante a última imagem! kkkkk

jean carlos de oliveira miranda disse...

uma coisa eu digo com a maior propriedade, a dreamworks consegue fazer o que a pixar faz, mas a pixar não consegue fazer o que a dreamworks faz (fazer chorar é muito mais facil do que fazer rir, e isso a dreamworks faz como ninguém, enquanto a pixar gera situações constrangedores quando tenta fazer humor)

Postagem mais recente

veja mais coisas legais em Postagem mais antiga


Related Posts with Thumbnails
 
diHITT - Notícias / BlogBlogs.Com.Br